popular:

Melhora a justiça social na Europa, mas a Espanha continua em posição de fila

A recuperação do mercado de trabalho na UE gerou uma "recuperação clara" na justiça social nos países membros, mas a Espanha, apesar de uma ligeira melhoria, permanece no caboose dos 28, apenas à frente da Itália, Bulgária, Romênia e Grécia, de acordo com um estudo realizado pela Fundação Bertelsmann.

Berlim, 16 de novembro (EFE) .- A recuperação do mercado de trabalho na UE gerou uma "recuperação clara" na justiça social nos países membros, mas a Espanha, apesar de uma ligeira melhoria, Permanece no caboose dos 28, apenas à frente da Itália, Bulgária, Romênia e Grécia, de acordo com um estudo da Fundação Bertelsmann.

O "Índice de Justiça Social 2017", publicado Na véspera da Cimeira Social que reunirá líderes europeus em Gotemburgo (Suécia), analisa um total de 38 critérios sociais e econômicos e é mais uma vez liderada por Dinamarca, Suécia e a Finlândia.

Todos os três obtêm uma classificação acima de 7, enquanto a Grécia continua a fechar a lista com 3.7.

A Espanha permanece com 4.96 - contra a obtém sua melhor classificação ao estudar saúde e saúde (posição 12), mas é colocada no grupo dos últimos cinco países em duas das seis dimensões da justiça social analisado: acesso ao mercado de trabalho (posição 27) e equidade na educação (23).

Na prevenção da pobreza, ocupa o lugar 21, bem como na justiça intergeracional, enquanto que na coesão social e na não discriminação eleva-se à posição 16.

O relatório afirma que a recuperação dos mercados de trabalho na maioria dos países membros - a O desemprego em 2016 diminuiu para 8,7% na média da União, de 11% em 2013 - é o "principal motor" da melhoria das oportunidades de participação, mas também que o progresso está sendo feito a duas velocidades.

O fosso entre o norte e o sul da Europa ainda é grande e nos estados do sul em crise "crianças e jovens continuam a estar em um importante risco de pobreza e exclusão acima da média ".

No caso da Espanha, a Fundação observa o declínio da taxa de desemprego para 19,7% em 2016, de 26,2 registrado em 2013, mas também ressalta que o país enfrenta "importantes desafios políticos para alcançar uma ampla justiça social".

"Apesar dos sinais de recuperação da recessão brutal, o maior destes (desafios) continua a garantir um acesso equitativo ao mercado de trabalho ", ressalta o relatório, apontando especificamente para os desempregados de longa duração duração e jovens.

Embora haja "pequenos sintomas" de recuperação na área de prevenção da pobreza, não há avanços radicais e, além disso, "apenas na Romênia, Lituânia e Bulgária, a distribuição de renda é mais desigual ", afirmou a Fundação em comunicado.

Ainda há déficits no campo da educação e, apesar da Nos últimos anos, a taxa de abandono ainda estava em 19% em 2016, em segundo lugar apenas para Malta.

Como elemento positivo, a Fundação destacou a atitude "muito positiva" da população espanhola para os imigrantes e avaliou que, apesar da crise, as forças populistas de direita e xenófoba não proliferaram, como em outros parceiros Europeus.

"Em toda a UE, é necessária liderança política", disse o presidente da Fundação Bertelsmann, Aart De Geus, em uma avaliação global do estudo.

O Índice 2017 mostra em geral que o risco de ser afetado pela pobreza e exclusão social, que afetou 24,7% da população européia no auge da crise, entre 2012 diminuiu e 2013, e agora é de 23,4%.

No entanto, lembre-se que a porcentagem representa cerca de 117,5 milhões de pessoas e aumenta nos países do sul, até 35 28,7% da Itália ou 27,9% da Espanha.

O risco é ainda maior para certos grupos sociais e o relatório mostra que 26,5% das crianças e dos jovens sob em risco de pobreza na UE, uma porcentagem que eleva-se a 37,5% na Grécia e a 32,9% na Espanha.

De acordo com a Fundação Bertelsmann, se a recuperação dos mercados de trabalho persistir espera que a diferença entre o norte eo sul da Europa diminua no futuro.

comentários 0

?
Nenhum comentário para este artigo ainda!
EUR/USD

EURUSD=X

1.1747 -0,00 -0,24%
USD/CHF

CHF=X

0.9581 -0,00 -0,09%
GBP/USD

GBPUSD=X

1.3067 -0,02 -1,54%
USD/JPY

JPY=X

112.5670 +0,09 +0,08%
USD/CNH

CNH=X

6.8451 +0,01 +0,15%
USD/CAD

CAD=X

1.2912 +0,00 +0,06%
IBEX 35

^IBEX

9590.40 +6,70 +0,07%
IBEX MEDIUM..

INDC.MC

15377.30 -38,40 -0,25%
IBEX SMALL ..

INDS.MC

7490.80 +5,90 +0,08%
IBEX TOP DI..

INDD.MC

3047.90 +1,80 +0,06%
FTSE LATIBE..

INDB.MC

1249.20 +9,20 +0,74%
FTSE LATIBE..

INDL.MC

8444.10 +226,10 +2,75%
Abertis Inf..

ABE.MC

18.36 +0,00 +0,00%
Actividades..

ACS.MC

37.83 +1,03 +2,80%
Acerinox, S..

ACX.MC

12.24 -0,03 -0,24%
AENA, S.A.

AENA.MC

150.45 +4,75 +3,26%
Amadeus IT ..

AMS.MC

78.26 +0,46 +0,59%
Acciona, S...

ANA.MC

75.86 -0,12 -0,16%
Financial S..

XLF

28.74 -0,11 -0,39%
VanEck Vect..

GDX

18.78 -0,15 -0,79%
SPDR S&P 50..

SPY

291.99 -0,22 -0,07%
Vanguard FT..

VWO

41.80 +0,17 +0,41%
Direxion Da..

TZA

8.24 +0,12 +1,48%
Utilities S..

XLU

53.06 +0,22 +0,43%
Cookies nos ajudam a fornecer os nossos serviços.
Recuperar senha