popular:

O desenvolvimento e a retenção de talentos, um grande problema para a América Latina

Desenvolver e, em seguida, manter o talento altamente especializado é um dos maiores problemas que os países latino-americanos enfrentam para atingir seus objetivos de desenvolvimento econômico, de acordo com os resultados de um estudo do Centro Mundial de Competitividade (CCM) da escola de negócios IMD.

Genebra, 20 de novembro (EFE) .- Desenvolver e, em seguida, manter o talento altamente especializado é um dos maiores problemas que os países latino-americanos enfrentam para alcançar seus objetivos de desenvolvimento econômico, de acordo com os resultados de um estudo do Centro Mundial de Competitividade (CCM) da escola de negócios IMD.

Esta entidade acadêmica publicou seu ranking de talentos hoje mundial liderado pela Suíça, seguido da Dinamarca, Bélgica, Áustria, Finlândia, Países Baixos, Noruega, Alemanha, Suécia e Luxemburgo.

O relatório baseia suas conclusões na análise de três Principais categorias: desenvolvimento de investimento e educação, atratividade e capacidade de produzir localmente o talento exigido pela economia.

Dentro dessa paleta de tópicos, avalia países de acordo com fatores como educação, estágios, treinamento de funcionários, habilidades linguísticas, custo e qualidade de vida, remunerações e impostos.

Dos 63 países avaliado, a América Latina acaba de começar a aparecer no 44º lugar, que ocupa o Chile, que é claramente o país melhor posicionado em todos os fatores considerados e que leva seis lugares para Argentina, o próximo país da região a aparecer nesta lista.

Além desses dois países, na região latino-americana aparece no ranking Brasil (52º lugar), Colômbia (55), México (56) e Peru e Venezuela (63), que fecha a lista.

"O país que melhor faz é o Chile, com uma performance consistente desde que começamos a preparar este relatório em 2014. O Chile se destaca por seu investimento em educação e pela sua qualidade e por saber como produzir o talento necessário para sua economia ", comentou Efe, o economista sênior do IMD, José Caballero.

Com a exceção do Chile, os latino-americanos aparecem especialmente mal colocados no fator de segurança pessoal e propriedade privada ", que é uma das bases para reter e atrair talentos ", explicou o especialista.

" Para ter um fluxo constante de talentos requer segurança ", acrescentou.

Em geral, os países latino-americanos obtêm uma avaliação decepcionante na sua capacidade de gerar o talento exigido pelos seus objetivos econômicos, um indicador em que o México está no 53º lugar, a Colômbia no 57º eo Peru na 58.

"Se você quiser ter uma economia baseada em pesquisa e desenvolvimento, as universidades não podem gerar 30% dos graduados em Ciências Sociais", disse Caballero.

a educação é a chave para a produção de talento, mas os países assumem esse desafio de forma diferente, como evidenciado pelo fato de que, entre esses três países, o Peru parece ser o mínimo ele investe neste setor, mas mostra melhor qualidade.

O oposto é verdadeiro para a Colômbia, enquanto no México os dois problemas são observados ao mesmo tempo, um baixo investimento em educação que, ao mesmo tempo, tem uma baixa qualidade.

Onde o México apresenta uma nota melhor é na capacidade do setor privado para atrair, reter e motivar o talento, através de programas de treinamento e incentivo ao aprendizado, ao mesmo tempo, dentro do referido grupo de países, possui o maior número de executivos com experiência internacional.

Sobre os Estados Unidos, um dos mais importantes Tradicionalmente, uma grande parte do talento deixado pelos países latino-americanos é direcionada, o relatório aponta que esse país corre o risco de perder competitividade se não aumentar sua investimentos em educação pública.

"Em média, os Estados Unidos investem menos no desenvolvimento de talentos locais quando comparados aos seus pares em outras partes do mundo", diz ele. relatório.

Por outro lado, lembre-se de que este país o faz de forma excelente em comparação com outros países "quando se trata de atrair talentos estrangeiros, graças à qualidade de vida, oportunidades para carreira e salários elevados oferecidos ", especialmente quando se trata de profissionais altamente especializados ou executivos.

comentários 0

?
Nenhum comentário para este artigo ainda!
EUR/USD

EURUSD=X

1.1747 -0,00 -0,24%
USD/CHF

CHF=X

0.9581 -0,00 -0,09%
GBP/USD

GBPUSD=X

1.3067 -0,02 -1,54%
USD/JPY

JPY=X

112.5670 +0,09 +0,08%
USD/CNH

CNH=X

6.8451 +0,01 +0,15%
USD/CAD

CAD=X

1.2912 +0,00 +0,06%
IBEX 35

^IBEX

9590.40 +6,70 +0,07%
IBEX MEDIUM..

INDC.MC

15377.30 -38,40 -0,25%
IBEX SMALL ..

INDS.MC

7490.80 +5,90 +0,08%
IBEX TOP DI..

INDD.MC

3047.90 +1,80 +0,06%
FTSE LATIBE..

INDB.MC

1249.20 +9,20 +0,74%
FTSE LATIBE..

INDL.MC

8444.10 +226,10 +2,75%
Abertis Inf..

ABE.MC

18.36 +0,00 +0,00%
Actividades..

ACS.MC

37.83 +1,03 +2,80%
Acerinox, S..

ACX.MC

12.24 -0,03 -0,24%
AENA, S.A.

AENA.MC

150.45 +4,75 +3,26%
Amadeus IT ..

AMS.MC

78.26 +0,46 +0,59%
Acciona, S...

ANA.MC

75.86 -0,12 -0,16%
Financial S..

XLF

28.74 -0,11 -0,39%
VanEck Vect..

GDX

18.78 -0,15 -0,79%
SPDR S&P 50..

SPY

291.99 -0,22 -0,07%
Vanguard FT..

VWO

41.80 +0,17 +0,41%
Direxion Da..

TZA

8.24 +0,12 +1,48%
Utilities S..

XLU

53.06 +0,22 +0,43%
Cookies nos ajudam a fornecer os nossos serviços.
Recuperar senha