popular:

O peso da tributação na Espanha cai em 2016 e afasta-se da da OCDE

O peso relativo da tributação em Espanha, que cresceu desde que atingiu o fundo em 2009 no início da crise, diminuiu no ano passado, o que, por sua vez, marcou um afastar-se da média da OCDE, que por sua vez continuou sua tendência ascendente em 2016, até um nível recorde.

Paris, 23 de novembro (EFE) .- O peso relativo da tributação em Espanha, que cresceu desde o início em 2009 no início da crise, diminuiu no ano passado, o que por sua vez, marcou uma distância abaixo da média da OCDE, que por sua vez continuou sua tendência ascendente em 2016, para um nível recorde.

Esta é uma das principais conclusões da relatório anual sobre coleta de impostos publicado hoje pela Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo a qual a Espanha passou da posição 18 em 2015 para 20 em 2016 (de um total de 35 países) em relação à tributação em termos do Produto Interno Bruto (PIB).

Especificamente, os impostos representaram 33,5% do PIB no ano passado. Espanha, em comparação com 34,3% em média na organização, quando no ano anterior representaram 33,8% (em comparação com 34%).

A Espanha estava acima da média de a OCDE entre 2004 e 2007, quando atingiu um pico de 36,4% (contra 33,7%), mas com o início da crise a situação foi revertida e os impostos permaneceram em 29,7% em 2009 (em comparação com 32,3%).

Em 2016, a Espanha estava em um nível muito semelhante ao do Reino Unido (33,2%) ou da Polônia (33,6%), claramente inferior ao da (em segunda posição, com 45,3%), Itália (com 42,9%) e Alemanha (com 37,6%).

Os Estados Unidos (26%) estavam entre os países Turquia (25,5%), Irlanda (23%), Chile (20,4%) e México (17,2%).

Espanha (com 42,5% em 2015, o último Tem menor peso nos impostos entre os membros da OCDE, após a Alemanha (30,6%), a França (33,3%), a Suíça (35,8%), o Japão (36,7%) e o Canadá (40%). A este respeito, eles se qualificam como um país com uma estrutura "regional", o único dessa categoria, que difere dos "federais" (Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Alemanha, México e Suíça). e os Estados Unidos) e os "Unitários" (o restante).

As comunidades autônomas espanholas representam 14% da receita tributária, uma porcentagem inferior a 17%, que representam em média regiões ou estados que compõem os oito países "federais" da OCDE (até 39,5% no Canadá, 24,5% na Suíça, 23% na Alemanha ou 19,4% nos Estados Unidos). eles significam 9,9% em Espanha (em 1975, apenas 4%), quando pesam 7,5% nos países "federais" e 11,8% nos países "unitários".

Em A peculiaridade da Espanha é que a Segurança Social captura 33,1% dos impostos, em comparação com 21,1% em média nos países "federais" e 24,4% nos países "unitários".

comentários 0

?
Nenhum comentário para este artigo ainda!
EUR/USD

EURUSD=X

1.1747 -0,00 -0,24%
USD/CHF

CHF=X

0.9581 -0,00 -0,09%
GBP/USD

GBPUSD=X

1.3067 -0,02 -1,54%
USD/JPY

JPY=X

112.5670 +0,09 +0,08%
USD/CNH

CNH=X

6.8451 +0,01 +0,15%
USD/CAD

CAD=X

1.2912 +0,00 +0,06%
IBEX 35

^IBEX

9590.40 +6,70 +0,07%
IBEX MEDIUM..

INDC.MC

15377.30 -38,40 -0,25%
IBEX SMALL ..

INDS.MC

7490.80 +5,90 +0,08%
IBEX TOP DI..

INDD.MC

3047.90 +1,80 +0,06%
FTSE LATIBE..

INDB.MC

1249.20 +9,20 +0,74%
FTSE LATIBE..

INDL.MC

8444.10 +226,10 +2,75%
Abertis Inf..

ABE.MC

18.36 +0,00 +0,00%
Actividades..

ACS.MC

37.83 +1,03 +2,80%
Acerinox, S..

ACX.MC

12.24 -0,03 -0,24%
AENA, S.A.

AENA.MC

150.45 +4,75 +3,26%
Amadeus IT ..

AMS.MC

78.26 +0,46 +0,59%
Acciona, S...

ANA.MC

75.86 -0,12 -0,16%
Financial S..

XLF

28.74 -0,11 -0,39%
VanEck Vect..

GDX

18.78 -0,15 -0,79%
SPDR S&P 50..

SPY

291.99 -0,22 -0,07%
Vanguard FT..

VWO

41.80 +0,17 +0,41%
Direxion Da..

TZA

8.24 +0,12 +1,48%
Utilities S..

XLU

53.06 +0,22 +0,43%
Cookies nos ajudam a fornecer os nossos serviços.
Recuperar senha